49. A Arte da Guerra de Sun Tzu aplicado às finanças pessoais

Olá Poupadores! Como andam suas estratégias de guerra em relação às suas finanças pessoais? Em paz? Certamente sempre estamos precisando melhorar um pouco as estratégias em nossa relação com o mundo financeiro, por isso, vamos apresentar aos nossos leitores poupadores e investidores algumas sacadas obtidas no livro A Arte da Guerra de Sun Tzu escrito no século IV antes de Cristo.

Ele é um tratado composto por treze capítulos com orientações para os generais e comandantes garantirem a vitória em suas batalhas, os quais vamos adaptar e transformar em estratégias para cuidar melhor das nossas finanças pessoais, de modo que seja possível poupar e investirmos melhor nossos preciosos recursos financeiros. Preparados?
49. A Arte da Guerra de Sun Tzu aplicado às finanças pessoais. Livro A Arte da Guerra, Sun Tzu, Finanças Pessoais, Sou Poupador
Você está em paz ou em guerra em relação ao seu dinheiro?
Então vamos ver a primeira estratégia!

Planejamento Inicial (始計, pinyin: Shǐjì)

Planejar o que fazer com os nossos recursos financeiros é fundamental para vencermos batalhas financeiras. Nesse sentido, sabemos que para vencermos a inadimplência, sempre será preciso saber quanto temos ou teremos disponível para manter as necessidades básicas. Estando essas supridas, será mais fácil saber quanto poderá poupar e posteriormente definir no que irá investir o que sobrar. Certamente esse primeiro passo será decisivo para os resultados, pois ajudará a manter em dia a vida financeira de qualquer pessoa. Sun Tzu disse: "É calculando e analisando que o estrategista vence previamente a guerra na simulação feita no templo. Portanto, fazer muitos cálculos conduz à vitória, e poucos, à derrota". Logo, se quiser vencer financeiramente, já sabe a primeira coisa a se fazer.

Guerreando (作戰, pinyin: Zuòzhàn)

Em se tratando de finanças pessoais, ou você luta contra o seus impulsos consumistas, ou provavelmente os seus recursos se esgotarão facilmente. Logo, procure pagar rapidamente o que comprar. Não se prolongue no "campo de batalha", ou seja, nos parcelamentos. Sun Tzu disse: "A arte de melhor utilizar o tempo é estar um passo à frente do adversário, e vale mais que a superioridade numérica e os cálculos mais perfeitos com relação ao abastecimento", ou seja, tenha o dinheiro que precisará para pagar suas compras à vista. Isso não deixa de ser estar um passo à frente do adversário, uma vez que todos sabemos que o pagamento de juros em aquisições geralmente é um inimigo silencioso para o enriquecimento. Logo, ter todo o dinheiro para uma compra será útil para contornar as surpresas que podem surgir com o famoso "Custo Efetivo Total - CET" de algumas operações de crédito. Se não for possível pagar à vista, pode ser uma boa também antecipar as parcelas. Outra coisa importante é buscar ter informações, sobre promoções, pois todos nós corremos o risco de comprar num dia e no outro o objeto do desejo entrar em promoção.

Estratégia ofensiva (謀攻, pinyin: Móugōng)

Conseguir comprar em quantidade, no atacado, pode ser considerada uma estratégia ofensiva de consumo. Isso pode levar qualquer um a conseguir bons descontos. Logo, pode ser interessante verificar se o que pretende comprar, oferece a opção de valores menores para demandas maiores. Isso vale tanto para produtos quanto para serviços. Com isso você consegue ser vitorioso sem precisar batalhar por um desconto. Sun Tzu disse: "Conquistar cem vitórias em cem batalhas não significa o máximo da excelência. O máximo da excelência é subjugar o exército inimigo sem chegar sequer a combater", ou seja, é bom ganhar os descontos sem mesmo precisar batalhar para consegui-los. 

Disposições: posições e táticas (軍行, pinyin: Jūnxíng)

A renda fixa pode ser uma boa alternativa de defesa para o capital, pois conforme Sun Tzu disse: "A invencibilidade repousa na defesa, a vulnerabilidade no ataque", contudo a taxa de juros precisa ser superior ao valor real da inflação. Ele segue afirmando que "O especialista em defesa, oculta a si mesmo no mais profundo e indecifrável canto da terra. O especialista em ataque, desfere o golpe de cima das mais altas esferas do Céu". Logo, definir como vai defender seu patrimônio, pode significar, ter que em algumas situações, aparentar ter bem menos posses do que realmente possui. Isso tem o condão de conquistar vantagens que não seriam oferecidas, se o outro lado da negociação soubesse das suas reais condições financeiras, pois incrivelmente sabemos que quem aparenta ter mais dinheiro quase sempre acaba pagando um pouco mais caro.

Noutro giro, em termos de ataque, a estratégia pode funcionar com uma oferta irrecusável para fazer um negócio, ou até mesmo para quem é mais avançado nos conhecimentos dos produtos financeiros, pode ser montar estratégias no mercado de renda variável em derivativos de opções de call ou put e até mesmo estar preparado para ter os recursos necessários para comprar as ações na hora certa, por preço de banana, como por exemplo, num dia como o que ficou conhecido como "Joesley Day", em que a bolsa brasileira despencou.

Seguimos. Para refletir, Sun Tzu disse: "Um comandante vitorioso não permite que as tropas mostrem uma confiança cega, que degenera em presunção. As tropas que sonham com a presunção da vitória são debilitadas pela preguiça. Ao contrário, aquelas que, sem pensar na vitória, exigem o combate, são tropas enrijecidas pelo trabalho aguerridas, destinadas a vencer", logo, se alguém entra muito confiante no mercado de capitais e presume que sempre sairá vencedor, pode ter sérios problemas. Por isso, o negócio é sempre estudar, pois cada dia no mercado exige cuidados e conhecimentos que só vêm com muita experiência e trabalho. Enquanto isso a turma que vive sonhando com uma vitória fácil passa o tempo geralmente apostando na loteria... 

Energia (兵勢, pinyin: Bīngshì)

Nas finanças pessoais, o cuidado com uma quantia grande e com uma quantia pequena deve ser praticamente o mesmo. Nesse sentido Sun Tzu disse: "Comandar muitos é o mesmo que comandar poucos. Tudo é uma questão de organização. Controlar muitos ou poucos é uma mesma e única coisa. É apenas uma questão de formação e sinalizações", ou seja, se alguém não sabe controlar o pouco que tem, provavelmente não saberá controlar o muito. É o que costuma acontecer com boa parte dos "sortudos"...

Fraquezas e forças (虛實, pinyin: Xūshí)

Descobrir pontos fracos e os pontos fortes pode ajudar a evitar vários problemas financeiros. Se a pessoa sabe que é compulsiva em comprar sapatos, ela deve evitar andar onde existem muitas lojas ou ao menos não levar dinheiro junto nesses lugares, senão já sabemos qual será o resultado: a pessoa chegando em casa com umas comprinhas. Se ela tinha condições para pagar tudo bem, o problema é quando ela não tem tão boas condições assim... O mesmo se aplica ao caso de quem quer emagrecer, deve evitar certos lugares... Se o seu ponto forte for poupar, precisa desenvolver os conhecimentos para investir da melhor forma o que tiver poupado. 

Nesse sentido, vale dizer que um investimento que hoje é bom, talvez em um cenário diferente, possa não ser tão bom assim. Logo, sempre será importante avaliar sob diversos cenários nossos movimentos financeiros. Sun Tzu disse: "Assim como a água não mantém sua forma constante, não existem condições constantes em uma guerra. Dos cinco elementos, nenhum é predominante; das quatro estações, nenhuma dura para sempre; há dias curtos e dias extensos; a Lua cresce e volta a minguar. Aquele que tiver habilidade para variar as próprias posições de acordo com as táticas e planejamento do inimigo para conquistar a vitória, torna-se um adversário intransponível como os desígnios do Céu", ou seja, ontem os juros SELIC estavam excelentes, hoje talvez não estejam, hoje a bolsa está para cima, amanhã não se sabe, por isso, é necessário planejar os passos financeiros com habilidade, realocando capitais, usando travas e stops inteligentes que conduzirão na direção do maior número de vitórias possíveis.

Manobras (軍爭, pinyin: Jūnzhēng)

Manobrar as finanças pessoais nada mais é do que se preparar para percorrer os caminhos necessários para alcançar a vitória. Se alguém opta pelo caminho mais fácil, certamente na maioria dos casos isso custará caro, o que pode representar receber uma taxa de juros ínfima. Sun Tuz disse: "Quem conhece a tática de transformar o tortuoso em direito, será vitorioso. Essa é a arte de manobrar." Todavia, mesmo que alguém esteja com as contas no vermelho e saiba realizar as manobras necessárias, cuidado! "A manobra pode tanto ser uma fonte de vantagem quanto um perigo", principalmente para quem está em certa desvantagem e já tem contra si vários empréstimos. 

As nove variáveis (九變, pinyin: Jiǔbiàn)

As variáveis de Sun Tzu são perfeitamente aplicáveis às finanças pessoais. Em uma adaptação livre as variáveis que afetam os poupadores e investidores:  Se tiverem um temerário descaso pela vida e se expõem sem necessidade, e parecem buscar riscos ao capital, são precipitados. Se tiverem cuidados excessivos em conservar o capital e por esse motivo não ousam e dão mostras de conservadorismo, poderão ser facilmente ludibriados. Se tiverem temperamentos volúveis, perdendo facilmente o controle e se deixam levar pela cólera, serão ludibriados pelo mercado através de falsas oportunidades e cairão em emboscadas sem perceberem. Se forem suscetíveis à honra, não devem se ofender de forma intempestiva. Por quererem reparar perdas por qualquer migalha, poderão perdê-la.

Movimentações (行軍, pinyin: Xíngjūn)

Na parte das estratégias quanto as movimentações, uma passagem interessante é "A ideia é ter terras perigosas às frente e seguras atrás", o que em uma adaptação livre, podemos entender como uma base sólida em renda fixa e visão de investir em renda variável.

Terreno (地形, pinyin: Dìxíng)

Sun Tzu disse: "A superfície da Terra apresenta uma infinidade de lugares, deves fugir de alguns e buscar outros. Todavia, deves conhecer bem todos eles", ele segue dizendo ainda que "os tipos de terrenos incluem: o acessível, o indeciso, o estreito, o acidentado e o distante", que poderiam ser entendidos como os tipos de investimentos, como acessível, teríamos a poupança, indecisos os que mantêm na poupança o dinheiro mesmo conhecendo outras formas de investimentos, o estreito seriam os investimentos em derivativos, já os acidentados quem sabe os em cripto moedas e os distantes aqueles que são feitos em bolsas de valores em outros países. Tem razão Sun Tzu, existem investimentos que devem ser evitados, mas realmente devemos conhecer todos os tipos disponíveis. Imagino que todos nós concordamos nesse ponto.

As nove variáveis de terreno (九地, pinyin: Jiǔdì)

São muitas as variáveis apresentadas nesse ponto, em se tratando de investimentos, talvez a que melhor se aproveite é: "somente quando se encontram em real perigo, os homens aprendem a transformar derrota em vitória". Para quem já correu algum risco em operações de curtíssimo prazo, talvez referida afirmação é mais apropriada...

Ataques com o emprego de fogo (火攻, pinyin: Huǒgōng)

Talvez a parte que melhor se ajuste às finanças pessoais desse título seja: "O general esclarecido melhora seus recursos, comanda seus soldados com autoridade, mantém-nos juntos pela boa fé e os torna serviçais por boas recompensas", ou seja, o poupador esclarecido melhora o seu capital, comanda o seus investimentos com autoridade, reúne os recursos e os investe bem em troca de bons rendimentos.

Utilização de agentes secretos (用間, pinyin: Yòngjiàn)

Muito embora os filmes mostrem algumas histórias revelando alguns trabalhos dos espiões, no mercado financeiro pouco se tem falado a respeito, contudo, o trabalho de coletar informações não publicamente acessíveis deve ter um impacto gigantesco sobre os resultados alcançados por certas pessoas, sejam elas físicas e ou jurídicas. Logo, referido assunto merece especial atenção, inclusive com a necessidade de cuidados que estão acima das nossas capacidades de compreensão. Nesse sentido Sun Tzu disse: "O que possibilita o soberano inteligente e seu comandante conquistar o inimigo e realizar façanhas fora do comum é a previsão", assim sendo, justificada está a presença de tais agentes inclusive no mercado financeiro. Já imaginou quem tem acesso a informações privilegiadas sobre fatos com grande repercussão no valor econômico dos papéis?

O presente texto foi uma adaptação do livro A Arte da Guerra, Os treze capítulos originais, publicado por editora Jardim Dos Livros. Referida obra está disponível para dar uma olhada em https://amzn.to/2SnU1oF

Nosso esforço no presente texto foi no sentido de tentar despertar o pensamento estratégico aplicado às finanças pessoais. Agora que você já teve acesso ao presente conteúdo, o que você pode dizer a respeito? Cuidar das finanças pessoais exige estratégias de guerra ou não? Conta pra gente: você está em guerra ou em paz com as suas finanças pessoais? Quais suas estratégias para vencer a batalha diária para aumentar e preservar o seu patrimônio? 

Certamente, em alguns casos é melhor declarar guerra à inadimplência, pois "O verdadeiro objetivo da guerra é a paz", Sun Tzu. O que você está fazendo em nome da paz?

1. Agora amigos(as) leitores(as), por gentileza registrem suas considerações sobre o texto no campo dos comentários, desde já agradecemos. 
2. Inscreva-se no Canal do Sou Poupador no Youtube
4. Nos acompanhe também no Instagram do Sou Poupador.
5. Registre sua reação sobre o texto logo abaixo nos emoticons.
6. Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, informe nos comentários.

Comentários

Postagens mais visitadas

Marcadores

Mostrar mais

BlogRoll (Contate para parcerias)

Criative Commons

Todos os usuários da plataforma Sou Poupador concordam tacitamente com os termos da licença Criative Commons nos seguintes termos: CC BY-ND (Creative Commons LicenseAtribuição-SemDerivações). Você tem o direito de redistribuir nosso conteúdo de forma comercial e não comercial, desde que o trabalho seja distribuído inalterado e no seu todo, com crédito atribuído ao autor.