25. Quanto tempo demora para dobrar o meu capital? Aprenda a Regra dos 72 para saber o tempo necessário para dobrar o capital investido com juros compostos

Olá Poupadores! Quem aí já quis saber quanto tempo leva para dobrar o seu capital levando em consideração a taxa de juros que recebe pelo dinheiro investido? Essa costuma ser uma dúvida bastante comum e podemos dizer até uma curiosidade de muita gente que poupa para investir. Você sabia que para facilitar nessa tarefa existe uma fórmula matemática que oferece uma estimativa desse tempo? É a denominada Regra dos 72, ou, Rule 72. Veja a seguir como ela funciona. 

Como fazer o cálculo da Regra dos 72? Aprenda a fórmula 

Fazer cálculos com juros compostos é uma dificuldade para muitas pessoas no mundo inteiro. Entretanto acredite, calcular com a regra dos 72 é muito fácil.

Veja a fórmula para fazer a conta: 72 dividido pela rentabilidade anual de juros do investimento = tempo em anos necessário para dobrar o capital investido.
25. Quanto tempo demora para dobrar o meu capital? Aprenda a Regra dos 72 para saber o tempo necessário para dobrar o capital investido com juros compostos
Como calcular a Regra 72? Veja a fórmula.

Exemplo de como calcular a Regra dos 72 e saber o tempo necessário para dobrar o capital investido

Se você tem R$1.000,00 (mil reais) para investir e consegue 1%  fixo de retorno ao mês, ao ano conseguirá uma rentabilidade do investimento de 12%, considerando nesse cálculo uma inflação igual a zero. Então, temos que fazer o seguinte raciocínio: 72 / 12 = 6 anos. Fácil não? O tempo necessário para dobrar o valor do dinheiro investido seria de 72 meses.

Taxa de Juros definida pelo COPOM 11/2018


Por falar em juros, conheça o posicionamento do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central do Brasil, no período em que este texto foi feito: "Considerando o cenário básico, o balanço de riscos e o amplo conjunto de informações disponíveis, o Copom decidiu, por unanimidade, pela manutenção da taxa básica de juros em 6,50% a.a. O Comitê entende que essa decisão reflete seu cenário básico e balanço de riscos para a inflação prospectiva e é compatível com a convergência da inflação para a meta no horizonte relevante para a condução da política monetária, que inclui o ano-calendário de 2019 e, em menor grau, de 2020", conforme dados da Ata da 218ª Reunião do COPOM

O que isso quer dizer? É a partir da Selic que os bancos definem a remuneração de algumas aplicações financeiras feitas pelos clientes. Ou seja, se quiser saber quanto tempo leva para dobrar o montante a ser investido considerando a atual taxa básica de juros do Brasil, basta fazer o cálculo assim:

72 / 6.5 = 11 anos. Ou seja, se você investir R$1.000,00 nessas condições levará todo esse tempo para o montante dobrar, somado a isso devemos ainda ficar atentos para os efeitos da inflação, que é nociva, uma vez que corroí o real valor do montante.

Um pensamento que pode surgir ao ler o texto é: "Mas o que tenho com isso?" Tudo. Uma taxa básica de juros como essa tem como finalidade propor para as pessoas que elas gastem ou invistam o valor em empreendimentos, produtos e serviços para acelerar a economia. Compreendeu? A ideia é que as pessoas prefiram gastar e não poupar. O tema é bastante controverso e exige maior estudo. Um texto que gostamos foi o "Por que uma sociedade poupadora enriquece e uma sociedade consumista empobrece" do site Mises Brasil, nele é esclarecido o seguinte: "Ao contrário do que dizem os intervencionistas, o caminho para a riqueza é a poupança, não o consumo", vale uma conferida. Parece que o povo no Japão é adepto da prática de poupar e ao que tudo indica eles são bastante prósperos. Confirma pessoal? Seguimos.

Exemplo de como calcular a Regra dos 72 e saber o tempo necessário para a dívida dobrar

Vamos para outro exemplo. Se a pessoa pega emprestado dinheiro pagando uma taxa de 2% (dois porcento) ao mês, quanto tempo leva para a dívida dobrar? O raciocínio é parecido. Vamos supor que o valor seja também R$1.000,00 (mil reais). Vejamos o resultado:

72/ 24 = 3 anos. Logo, se pegar um empréstimo com uma taxa de juros anual de 24% você já faz ideia de que em três anos, ou seja, nessas condições, 36 meses, o valor terá dobrado. Por esse motivo sempre recomendamos a poupança como uma forma de construir uma reserva de emergência e de certo modo uma forma de realizar os sonhos.

Frase célebre de Albert Einstein sobre juros compostos

Dizem por aí que ao descobrir a Regra dos 72 o gênio alemão soltou famosa frase sobre os juros compostos:
Educação financeira, Finanças pessoais, Organização financeira, Juros  compostos, Albert Einstein, Prosperidade, Dinheiro, www.soupoupador.com.br, Juros compostos são a oitava maravilha do universo.
Até Einstein se maravilhou com os juros compostos.
E agora, ficou mais fácil descobrir quanto tempo levará para ficar milionário? Será que podemos concordar a frase de Einstein?

Comentários

Postagens mais visitadas

Marcadores

Mostrar mais