17. Descubra aqui como melhorar o seu planejamento financeiro

Você faz ideia de como usa o dinheiro que tem? Você sabia que o tamanho da sua renda não é tão determinante para o seu sucesso financeiro, e sim o que você faz com ela? Por isso o planejamento financeiro é tão importante. Saber exatamente qual é a diferença entre receitas e despesas, possibilita a elaboração de um plano para lidar melhor com ativos e passivos.

Ter ciência do que entra e o que sai do bolso é um passo determinante para alcançar a tão sonhada liberdade financeira. A maioria das pessoas que não se preocupam em organizar essa diferença, acabam em algum momento passando por apertos. Por isso, recomendamos fortemente a utilização da planilha para finanças pessoais disponível gratuitamente aqui no Sou Poupador para download. Com ela vai ficar fácil organizar a sua vida financeira, pois ela vai revelar se o seu orçamento pessoal está adequado à sua renda ou não.
Responda: o seu orçamento pessoal está adequado a sua renda ou não?
Responda: O seu orçamento pessoal está adequado? 
Ter esse tipo de controle vai permitir organizar e administrar o seu orçamento pessoal conforme a sua renda para que possa gerenciar melhor suas despesas e não se aperte no fim do mês. Pois ter pouco dinheiro nunca será verdadeiramente o problema, mas fazer uso irresponsável dele certamente será, ou seja, gastar mais do que se tem com coisas desnecessárias. 

Se verificar que está sobrando dinheiro no final do mês, excelente. Comece a estudar e planejar o que pretende fazer com ele, é válido estudar as formas de se ter dinheiro guardado sem que ele perca o valor para a inflação. Dependendo da sua capacidade de poupança, você poderá até ficar rico investindo em renda fixa. Mas será válido aprender como diversificar investimentos em renda fixa e variável. A verdade é que investindo adequadamente qualquer pessoa tem a possibilidade de aumentar o patrimônio.

Entretanto, se a planilha mostrou a necessidade de diminuir as despesas, pois elas estão superiores a renda, vale deixar essa necessidade bem clara para seus amigos e familiares. Por isso, o ideal é falar abertamente sobre a sua condição financeira com quem está por perto.
Está precisando economizar? Avisar todo mundo pode ajudar bastante a alcançar suas metas e objetivos financeiros.
Está precisando economizar? Avisar todo mundo pode ajudar bastante a alcançar suas metas e objetivos financeiros.
Se o seu grupo perceber que você precisa economizar, todos vão poder adotar comportamentos que levam para o reequilíbrio das contas. Caso contrário, se ninguém souber da sua necessidade, o plano de ajustar ganhos e despesas, poderá ir por água abaixo. Por exemplo, se você precisa diminuir o valor da conta da água e mais ninguém sabe disso na sua casa, a probabilidade de alguém estar tomando aquele banho demorado é maior, não é?

Independentemente de estar sobrando dinheiro para investir ou estar faltando ao ponto de ser necessário diminuir despesas, cuidado com metas muito ousadas. Comece fazendo o básico e logo os resultados vão aparecendo e progressivamente melhorando. De nada adiantará criar uma missão impossível. Por isso estipule metas atingíveis tanto para o aumento nos investimentos quando para o corte de despesas.

E se por acaso, no meio do caminho ocorrer alguma modificação substancial nas suas condições financeiras? É só reajustar o plano conforme a nova realidade. 

Perguntas para provocar reflexões:
Qual o objetivo financeiro para 5 anos? 
Como será possível cumprir com o estabelecido no plano?
Por exemplo, você deve se propor algumas perguntas: 
Como juntar 50 mil em cinco anos?  
Como juntar 100 mil em cinco anos?
Como juntar 300 mil em cinco anos? 
Como juntar um milhão em cinco anos? 

Dependendo de quanto você tiver de renda e como ela é utilizada as respostas podem variar totalmente. Por exemplo, se uma pessoa tem renda de 50 mil e gasta os 50 mil mensalmente, pode ser que ela tenha mais dificuldades do que quem tem renda de 5 mil mas guarda 3 mil por mês. Se você precisa melhorar o seu trato com as finanças pessoais, uma dica é estabelecer metas claras, atingíveis e com datas certas para alcançá-las. Que tal começar poupando 10% da sua renda? Pode ser um bom começo para quem ainda não poupa nada. Se você está começando recomendo muito a leitura desse artigo: Como se tornar uma pessoa poupadora? 
Se por acaso a tabela revelar gastos maiores do que a sua renda, você deve cortar despesas. Comece por aquelas que são menos essenciais e busque soluções para pagar primeiro as contas que estão cobrando maiores juros. Você pode encontrar dicas sobre como diminuir as despesas domésticas em nosso blogue, lendo o texto: Descubra aqui valiosas dicas sobre economia doméstica

A propósito, se você estiver com dívidas em seu nome, vale comentar que está disponível um serviço online que ajuda a limpar o nome, denominado Serasa Limpa Nome. 

O Serasa Consumidor afirma que existe a chance de conseguir "Descontos e ofertas exclusivas" e que "pode conseguir até 90% de desconto, com parcelas e condições especiais de acordo com as regras de cada parceiro". Esse serviço está disponível em: 
https://www.serasaconsumidor.com.br/limpa-nome-online

Além disso, precisamos ter cuidado ao criarmos dívidas pois, mesmo que caibam no orçamento,  é preciso levar em conta não só o custo principal, mas também os decorrentes da posse como manutenções, tributos e seguros. Caso contrário, qual será a vantagem de comprar algo que poderá tirar a sua liberdade financeira? 

Aqui vai outra reflexão: você já parou para pensar sobre a diferença entre querer algo e precisar? Pense bem, pois querer nem sempre é poder.

Gostou do texto sobre planejamento financeiro? Agora ficou mais fácil responder o que você faz com o seu dinheiro? Gastar todo dinheiro ou investir? Resposta: nem um, nem outro, mas sim saber como encontrar o equilíbrio financeiro. 
Encontrar o equilíbrio financeiro ajuda a viver a vida de forma que exista a possibilidade de viver sem abrir mão de economizar. Para encontrar a forma ideal de fazer isso além do planejamento financeiro é preciso evitar gastos desnecessários e fazer bons investimentos.
Encontrar o equilíbrio financeiro ajuda a viver a vida de forma que exista a possibilidade de viver sem abrir mão de economizar. Para encontrar a forma ideal de fazer isso além do planejamento financeiro é preciso evitar gastos desnecessários e fazer bons investimentos. 
Então vamos buscar o equilíbrio financeiro. Combinado? Que tal?
Gostou do Sou Poupador? Inscreva-se agora mesmo para receber novidades por Email. Continue conosco, confira a seguir uma lista com mais textos do blog sobre finanças pessoais que você poderá se interessar.

Comentários

  1. Fazer um planejamento responsável das nossas receitas é fundamental. Encontrar um equilíbrio é sempre muito difícil, normalmente, as pessoas recebem mensalmente uma renda fixa, porém, os produtos e serviços que utilizamos possuem variações de preço muito superiores aos nossos ganhos. Equalizar nossa renda com as despesas é uma tarefa possível para ser vencida mensalmente.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

BlogRoll (Contate para parcerias)

Sou Poupador sugere: livros que indicamos para você ler ou presentear alguém: